Sugestões de como desenvolver análises subjetivas

É muito comum no meio das apostas esportivas nos depararmos com apostadores dizendo que a análise subjetiva é uma base forte do próprio trabalho. No entanto, essa terminologia ainda parece confusa para muitas pessoas. Análise subjetiva? Como assim? O que é isso? Como eu faço uma análise subjetiva?

Neste artigo, buscarei responder algumas das perguntas mais frequentes sobre esse tema. Adianto que a subjetividade está muito baseada na interpretação própria dos fatos, ou seja, as respostas que eu vou dar aqui podem não ser as mesmas que outros apostadores dariam caso fossem perguntados.

Afinal, o que é a análise subjetiva?

É a interpretação de informações. Por exemplo, eu gosto bastante do sistema defensivo do São Paulo. Entendo que o time possui bons zagueiros, bons laterais e um goleiro excelente que, juntos, conseguem funcionar bem. Contudo, a minha análise não é unanimidade. Outros apostadores podem discordar, classificando a defesa do Tricolor como mediana ou até mesmo ruim. O resultado dessa discordância nos fará, muito provavelmente, chegar a resultados diferentes no final da análise de um jogo do time paulista.

Por mais que a opinião pessoal esteja intrinsecamente ligada aos fatores subjetivos, não podemos inventar dados ou fatos. É extremamente negligente por parte do apostador simplesmente ignorar a realidade por causa de uma opinião. O apostador não deve discordar apenas por discordar ou basear as suas apostas em achismo. A linha que separa a análise do achismo não é tão grande, por isso é preciso ter cautela.

O que devemos procurar ao analisar subjetivamente diversos aspectos nas apostas e no futebol é uma aproximação da realidade. Não importa se eu gosto ou não do atacante Gabigol, do Flamengo, pois a realidade é que ele tem feito diferença no futebol brasileiro. O que eu posso fazer, como alguém que preza pela análise subjetiva, talvez seja classificar o tamanho da diferença que ele faz estando ou não em campo. Interpretar um fato é diferente de criar um fato. Eu posso continuar não gostando do Gabigol, mas preciso considerar a realidade de que ele é um jogador importante. A minha opinião pessoal não importa nesse caso.

A interpretação da informação no esporte é extremamente importante porque estamos falando de algo praticado por humanos. Tudo que envolve pessoas é cercado por fatores emocionais, pessoais, psicológicos e não tangíveis. Utilizar a análise subjetiva nas apostas é o mesmo que responder perguntas que não tem respostas corretas. Os números e as estatísticas são relevantes para as apostas, mas eles te dão uma perspectiva limitada da realidade. É a subjetividade, ou seja, a sua capacidade de interpretar informações que te mostra a perspectiva ampla do mercado e que pode te colocar na frente das casas de apostas.

Como iniciar e aprimorar a análise subjetiva

Não existe uma fórmula mágica para iniciar uma análise subjetiva. Entretanto, tentando facilitar a compreensão, direi para que você inicie esse processo utilizando os números. Se um time X fez 40 gols e sofreu apenas 12, podemos concluir que aparentemente essa equipe possui um bom ataque e uma boa defesa. Contudo, apenas saber essas informações não é suficiente, principalmente se você não entender os motivos que levaram esse time a ter um desempenho assim. Para muitos apostadores, os números bastam. Para outros, eles são apenas o começo de um processo longo e complexo de análise.

Ainda no exemplo anterior, para tentarmos compreender melhor como o time X chegou aos 40 gols na temporada, podemos procurar informações acerca do elenco. Quem joga nesse time? Os jogadores são realmente qualificados? Você os reconhece de algum lugar? Os gols foram feitos por um ou dois jogadores específicos ou estão divididos entre vários atletas? Já reparou que apenas para entender como esse time fez 40 gols na temporada existe uma enormidade de perguntas sem respostas?

Apenas o número 40 não responde essas perguntas. E se 35 gols desse time tiverem sido feitos por um único jogador que se machucou e não vai jogar a próxima partida? O que devemos fazer? Vamos continuar achando que a equipe X tem um bom ataque ou a análise acabou de mudar? Cada ponto relevante em uma análise de jogo, pensando nas apostas, pode ser interpretado. Qualquer ponto que entendemos como relevante na análise de uma partida deve ser analisado individualmente com o olhar subjetivo. Temos o dever de interpretar as informações que colhemos para fazer com que elas se aproximem ao máximo da realidade.

A melhor maneira de aprimorar as análises subjetivas é coletar informações durante os jogos

A minha principal dica para quem ainda tem dificuldade em desenvolver análises subjetivas é: assista os jogos das ligas que você deseja apostar. Parece óbvio, mas muita gente ignora essa parte vital para um apostador. Como você vai obter respostas para um número gigantesco de perguntas como essas que fiz nos trechos anteriores se você não assiste os jogos que aposta? Como você vai saber a qualidade dos jogadores? E das equipes? Assistir é diferente de torcer. Outro erro que os apostadores cometem é ignorar diversas informações importantes que podem ser coletadas em uma partida de futebol simplesmente porque estão torcendo, seja pelo seu próprio time ou por uma aposta feita na partida.

Por fim, uma outra sugestão de aprimoramento da capacidade de análise subjetiva que posso dar é para que você anote as informações em algum lugar, principalmente se ainda estiver no começo da caminhada nas apostas. Crie um documento no word, utilize um caderno, faça como achar melhor, mas anote as informações importantes que conseguir assistindo aos jogos. Guarde informações relevantes como: time X atua de forma defensiva e privilegia o contra-ataque, time Y joga de maneira ofensiva e com muita posse de bola. Jogador A é fundamental para a equipe B e assim por diante. Dessa forma, sempre que precisar responder as perguntas que costumam aparecer durante uma análise subjetiva, você poderá encontrar muitas das respostas nas anotações que fizer.

Anotar é importante porque não devemos confiar tanto na nossa cabeça. Gravar informações somente na memória também é uma opção, mas ela é a menos segura dentre todas as outras. É óbvio que nem tudo precisa ser registrado no papel, mas se você busca melhorar de forma significativa a capacidade de analisar subjetivamente um jogo, me parece justo que todos os esforços sejam feitos e que cada informação coletada receba a atenção necessária.