WESG: Vencedor Final

Apesar de não ser considerado o maior compromisso dos times de CS:GO ao longo da temporada — muito menos o mais desejado, o WESG é considerado a “Copa do Mundo dos eSports” por envolver diversas equipes de diversas partes do mundo.

O “evento WESG” engloba vários jogos diferentes, desde CS:GO à Dota2, e é conhecido por sua alta premiação. Entretanto, muitos times tier 1 decidem não participar do torneio em Chongqing, na China, afirmando a dificuldade em conseguir visto chinês e conflito com outros campeonatos que estão a disputar.

Neste WESG, apesar da alta quantidade de equipes (27), apenas um está no top-10 mundial, sendo esses os brasileiros do MiBR. Made In Brazil ocupa hoje (08) a quinta posição no ranking da HLTV.org, enquanto que o segundo melhor colocado no ranking e que também estará presente na China é a fnatic, 14º colocado. Ao passo que não podemos considerar agora a G2 Esports no mesmo patamar dos dois times citados, principalmente após a recente mudança feita na lineu-up, a briga realmente ficará entre os brasileiros e os suecos.

MiBR acabou de ser semi-finalista do IEM Katowice 2019, onde foi eliminado pelo então campeão Astralis. O time apresentou um CS:GO de alto nível em seu primeiro torneio com a “nova antiga” line-up. Fizeram bootcamp na Espanha durante 20 dias antes do Major, e desde o fim do torneio, estão em bootcamp na Polônia. Ou seja, estarão mais que preparados para o WESG.

fnatic não foi capaz de passar do New Challengers Stage, sendo eliminado com campanha de 1-3, perdendo para times como Winstrike, G2 Esports e Vici Gaming. Os suecos não fazem bootcamp há um tempo, e essa line-up ainda não provou muita coisa.

Devido desistências, o Grupo C — grupo da MiBR — tem apenas dois times. Ou seja, MiBR já tem passagem garantida para o mata-mata. O Grupo E, da fnatic, sofreu apenas uma desistência (ENCE), mas ainda é um grupo que pode surpreender. Além dos suecos, temos o Windigo e o Movistar Riders. fnatic já enfrentou Windigo em outubro do ano passado e na ocasião perdeu online por 2-0, enquanto que Movistar Riders é um time em ascenção. Ou seja, fnatic terá vida mais dura na fase de grupos.

Vamos no título da MiBR. Logo após esse torneio na China, a equipe vem ao Brasil para a disputa do BLAST Pro Series São Paulo e certamente querem usar o WESG como espelho para o que querem performar na BLAST. Já são mais de 30 dias em bootcamp, definitivamente terão CS:GO para bater qualquer equipe em Chongqing.

Aposta Odds Unidades Casa de Aposta Status
MiBR para vencer WESG 1,72 2

Comentários estão fechados.