Seattle Seahawks x Los Angeles Rams

NFL – Semana 5 – 03/10 às 21h20

Às 21h20 (Brasília) desta quinta-feira acontece no CenturyLink Field o confronto entre Seattle Seahawks e Los Angeles Rams válido pela semana 5 da temporada regular da NFL. De acordo com as casas de apostas, Seahawks é favorito no embate.

Seattle Seahawks

Tendo encerrado setembro com campanha de 3-1, Seahawks ainda precisa demonstrar que tem football para brigar com Los Angeles Rams e San Francisco 49ers pela divisão. QB Russell Wilson tem TD-INT de 8-0 e aproveitamento de 72.9% nos passes, enquanto que o backfield vem produzindo 111.5 jardas terrestres por duelo. Defensivamente estão cedendo 335.3 jardas totais e 22.3 pontos por confronto, com destaque para LB Bobby Wagner sendo o segundo jogador da liga com mais tackles (47) e 3 tackles for loss.

Los Angeles Rams

Assim como o rival, os californianos entram em outubro com campanha de 3-1 e precisando seguir vencendo para ter boas chances de triunfar na NFC West. Depois de iniciar a temporada com três vitórias seguidas, perderam na semana passada frente o Tampa Bay Buccaneers no maior upset da rodada. QB Jared Goff tem TD-INT de 6-6 e média de 317 jardas por confronto enquanto que RB Todd Gurley já contabiliza 3 touchdowns. Trio de recebedores do time é o mais produtivo da liga, como WRs Cooper Kupp, Robert Woods e Brandin Cooks somando 991 jardas recebidas. A defesa do Rams cede 347.3 jardas totais e 26 pontos por duelo.

Dica do Tipster

Neste Thursday Night Football decidi ir com o Rams, e separei quatro pontos para destacar essa análise.

PASS RUSH DE LOS ANGELES x LINHA OFENSIVA DE SEATTLE (FRONT-7 x JOGO TERRESTRE)
A linha ofensiva de Seattle é uma das piores da NFL, isso não é novidade quando o assunto é proteção para Wilson. Encerraram 2018 como o oitavo time com mais sacks cedidos, e em 2019 estão como o sétimo pior time no mesmo quesito. Enfrentarão DT Aaron Donald, LB Dante Fowler Jr., LB Clay Matthews, DT Sebastian Joseph-Day. Temporada passada conseguimos lucros em mercados de sacks em jogos de quinta-feira por que as OL não conseguem estudar tudo que o front-7 faz. Não dá tempo de conferir todas as blitz que fizeram até aqui, as mudanças que fazem na DL em situações mais específicas, as variações de entradas em gaps. E contra um Donald, vão sofrer do inicio ao fim. Sobre o jogo terrestre do Seahawks, válido dizer que não é o mesmo do ano passado. Depois da saída do RB Mike Davis (CHI), muita coisa vem ficando nas costas do RB Chris Carson e ele não vem entregando o esperado. Média de 60 jardas por jogo e até aqui, apenas 1 touchdown. Rams é neste momento o nono melhor time contra o jogo corrido, cedendo média de 91 jardas corridas por confronto.

DUELO OFENSIVO
Jogar contra o Rams, é saber que você vai precisar pontuar. Buccaneers esteve num dia inspirado no último domingo, e mesmo colocando a maior marca de pontos da história da franquia, ainda assim passou sufoco no fim. Temporada passada o Rams bateu o Seahawks tanto em Seattle quanto em Los Angeles. No CenturyLink Field, 33-31. Em L.A., 36-31. Não vejo o ataque do Seahawks superior ao de 2018. Perderam o Davis no backfield, e o Doug Baldwin no corpo de recebedores. TE Nick Vannett foi trocado na semana passada e a linha ofensiva segue demonstrando erros. Rams, por outro lado, tem o trio de recebedores mais produtivo da NFL após essas quatro semanas iniciais, Gurley tá melhor do que o esperado — tendo em mente que ele era dúvida para esse inicio de calendário devido seu jeolho. Goff e a linha ofensiva ainda não engrenaram, mas é questão de tempo.

CENTURYLINK FIELD
CenturyLink Field sempre foi sinônimo de vitória para o Seahawks. Entretanto, até aqui, tiveram péssimas performances como mandante na temporada. Na semana 1 bateram o fraquíssimo Cincinnati Bengals por um ponto de diferença, mesmo Bengals cometendo 3 turnovers e implorando por uma derrota feia, e na semana 3 perderam para o New Orleans Saints num duelo onde o placar chegou a estar 27-7 no terceiro quarto. Saints tirou o pé nos últimos 15 minutos e o jogo encerrou em 33-27 para os visitantes. 2017 foi o ano em que Rams se tornou um time “decente”. Naquele ano, venceram em Seattle por 42-7. E como já dito aqui, ano passado venceram lá por 33-31. CenturyLink Field não é mais sinônimo de vitória para Seahawks.

SEAN MCVAY x PETE CARROLL
A mesma confiança que tenho no McVay, não tenho no Carroll. A capacidade do McVay de formular um gameplan em semana curta, neste momento, acredito que seja superior a do Carroll. Rams enfrentou o Panthers, limitou QB Cam Newton à TD-INT de 0-1. Na semana seguinte, diante do New Orleans Saints, triunfaram por 18 de diferença. Na sequencia, em Cleveland, seguraram o talentoso ataque do Browns à 1 touchdowns (Browns que na sequencia colocou 40 pontos em pleno M&T Bank Stadium). Carroll e Seahawks até aqui não me empolgaram no que diz respeito a gameplan e neutralização da força adversária. Cederam 430 jardas para Cincinnati, 26 pontos para um Steelers sem QB Ben Roethlisberger, e não neutralizaram RB Alvin Kamara contra o Saints, cedendo 162 jardas de scrimmage pro corredor. Vitória da semana passada contra Arizona eu desconsidero, afinal é Arizona. Matchup de treinadores vem tendo um peso considerável em TNF nesta temporada, e ficar do lado do McVay no ataque e do Wade Philips na defesa me transmite bem mais confiança.


Aposta Odds Unidades Casa de Aposta Status
Los Angeles Rams para vencer 2,10 2