New Orleans Saints x Tampa Bay Buccaneers

NFL – Divisional Round – 17/01 às 20h40

Saints e Buccaneers se enfrentaram duas vezes durante a temporada regular e o Saints venceu os dois jogos. O primeiro deles foi na 1ª rodada da temporada e o segundo na semana 10, há mais de 60 dias. Ainda que o Saints tenha vencido por 38×3 a segunda partida, não podemos prever o desfecho terceiro confronto olhando somente para a aula de futebol americano que o Saints aplicou no Buccaneers.

O Tampa Bay Buccaneers melhorou bastante após o BYE na semana 13. O time sofreu menos turnovers; Antonio Brown parece estar cada dia mais entrosado com Brady; e Mike Evans e Chris Godwin estão fazendo boas partidas. Não podemos esquecer, ainda, os TEs Rob Gronkowski e Cameron Brate. Foram raras as ocasiões em que Brady teve tantos bons jogadores recebendo seus passes.

Gostaria de apostar no Bucccaners, pois Brady é um fenômeno nos Playoffs. O retrospecto dele é fortíssimo. A questão é que a defesa do Saints é muito, muito boa. O time cede apenas 31,13 jardas para os adversários em cada posse de bola, 6ª melhor marca da liga, e força 1 turnover a cada 7 posses de bola dos adversários.

Apenas para reforçar a apresentação dos times que fiz nos artigos do Wild Card: Saints e Buccaneers possuem os times mais equilibrados da NFL. O ataque do Saints é o 7º em DVOA e o do Bucs é o 3º. A defesa do Saints é a 2ª e a do Bucs é a 5ª. São duas ótimas defesas contra o jogo corrido. E forçam turnovers com uma boa frequência. O Buccaneers cede apenas 80,6 jardas corridas por jogo, enquanto o Saints cede 93,9. É preciso ter cuidado para apostar nas jardas totais do Alvin Kamara.

Os dois times possuem defesas que se ajustam bem no intervalo. A defesa do Buccaneers cede 13,6 pontos na primeira metade e apenas 8,6 na segunda. A defesa do Saints cede 11,3 na primeira metade e apenas 9,8 na segunda. Os ataques, que estão entre os 6 melhores da NFL na primeira metade, conseguirão explorar as brechas nas defesas adversárias para combinarem para +25,5 pontos totais no 1º tempo.

Uma questão complicada para o Saints é a indisciplina da equipe. O Saints perdeu, durante a temporada regular, 1.025 jardas por conta de faltas cometidas pelos jogadores da equipe. Em um confronto de Playoff, principalmente contra Tom Brady e cia, essas jardas podem ser importantíssimas.

Um duelo curioso em relação às faltas é o fato de que o Saints é o time que mais teve faltas de Interferência no Passe marcadas contra sua defesa, com 19, enquanto o Buccaneers é o time que mais teve faltas de Interferência no Passe marcadas a favor do ataque, com 24. Essas faltas podem manter em campo o ataque do Buccaneers em momentos chaves da partida. O Saints, nos Playoffs recentes, tem sofrido com interferências no passe em momentos chave.

Lesionados e Desfalques: 

É importante acompanhar casos de COVID que podem surgir. 

Saints:
Fora: -;

Não treinou: Taysom Hill, QB; Latavius Murray, RB; Patrick Robinson, CB;

Treinou com limitações: Terron Armsted, T; Jared Cook, TE; Trey Hendrickson, DE;

Taysom Hill e Latavius Murray são reservas, mas participam muito do jogo. Hill aparece em campo para participar de todos os tipos de jogadas e Murray costuma ser eficiente quando Kamara precisa descansar. Terron Armsted, com problemas no cotovelo, e Trey Hendrickson, com dores no pescoço, estão entre os melhores jogadores do Saints.

Buccaneers:

Fora: -;

Não treinou: Alex Cappa, G; Jeremiah Ledbetter, DT; Jason Pierre-Paul, LB;

Treinou com limitações: Carlton Davis, CB; Mike Evans, WR; Chris Godwin, WR; Ronald Jones, RB;

Mike Evans sentiu o joelho na semana 17 e Chris Godwin tem tido dores no quadril há um tempo, mas ambos jogaram contra o Wasington na semana passada. Ronald Jones foi um desfalque no jogo, mas parece que voltará no domingo. Pierre-Paul e Carlton Davis são titulares na defesa do Buccaneers.


Aposta Odds Unidades Casa de Aposta Status
+25.5 pontos no 1º tempo 1.90 2

Comentários estão fechados.