Como jogar poker beneficia o apostador?

Como jogar poker beneficia o apostador?

Quem tem uma carteira eletrônica como a Neteller ou a Skrill já deve ter recebido uma oferta para jogar poker com bônus. Como a maioria dos apostadores – sobretudo em casas offshore – utilizam essas carteiras eletrônicas e ficaram tentados a jogar (ou aprender) mais sobre o poker, este artigo vem a calhar.

Claro: é necessário um conhecimento prévio do esporte para que você consiga fazer uma digestão melhor do que estará escrito aqui. Se você não tem ideia de como joga e quer aprender antes de ler, há tutoriais no site da Poker Stars.

O que a Libertadores e um Flop no Texas Hold´em tem em comum?

Manejo do risco: o mesmo conceito em ambos

O poker trata de riscos. As apostas esportivas tratam de riscos. Os investimentos na bolsa tratam de riscos. Se você for parar para pensar, quase tudo na vida envolve um determinado risco. Lógico, neste meio que vivemos de maneira profissional, alguns riscos são maiores do que outros – considero o poker um risco menor do que apostas esportivas, são menos variáveis e queira ou não você tem controle sobre o seu jogo (ao contrário do controle sobre o destino de uma empresa na bolsa ou de 11 jogadores num campo de futebol).

De toda forma, é uma lição valiosa que colocamos acima. Numa escala de riscos de investimento, o poker estaria abaixo das apostas esportivas, dado que você controla quanto quer apostar e sabe se sua mão é forte ou não de maneira objetiva. O Boca Juniors é uma equipe forte na Libertadores de maneira subjetiva. Um par de ás no Texas Hold´em é uma mão forte no poker de maneira objetiva.

Assim, esse manejo de risco é mais fácil no poker, são menos variáveis e a sorte é menos aplicável para determinar um vencedor. Você não vai ter uma crise nervosa durante um torneio de poker – mas um jogador de tênis pode ter uma câimbra que o tira da competição.  Aprender a lidar com o risco em ambientes com menos risco (poker) pode ser bom para aprender a lidar com o risco em ambientes que ele se manifesta de maneira mais latente. Lógico, há bad beats e etc – mas é indubitável que a sorte se manifesta muito mais nos esportes do que numa partida de poker, na qual o resultado do longo prazo é determinado pela habilidade dos jogadores.

Manejo de Banca

Não há habilidade mais sensata para um jogador ou um investidor do que o manejo de banca. Epa, e o All in? Não, nem ele é All In de fato. O All In num torneio nada mais é do que apostar todas aquelas fichas… Naquele torneio. Não significa que um jogador profissional esteja apostando todas as fichas e dinheiro que tem na vida – e se o faz não pode ser chamado de profissional. O mesmo pode ocorrer nas apostas esportivas.

Muitos iniciantes entram num espiral negativo e pensam no all in como maneira de recuperar capital perdido – quando na verdade estão colocando em xeque todo o capital disponível (o que é uma loucura). Com efeito, haja como num torneio de poker para suas apostas: separe seu capital em vários potes como se estes fossem torneios. Por exemplo; Você trabalha com futebol e futebol americano e tem 1000 reais de capital disponível para apostas – lembrando sempre daquela regra, só se aposta o que não lhe fará falta na vida cotidiana. Divida esses 1000 nos dois mercados, 500 em cada um. Não misture as duas “contas”, os dois “torneios”. Depois, divida esses 500 nas semanas que você vai apostar. Vamos supor que você trabalhe apenas na Libertadores e na NFL. A Libertadores tem seis rodadas de grupos e oito de mata-mata. São 14, portanto. Dividindo 500 por 14 você tem 35 reais por rodada para apostar. Esses 35 reais são seu all in. Se você quiser apostar tudo em uma partida, beleza – mas só esses 35 reais, não os 1000. Esses 35 são todas suas fichas para um determinado “torneio de poker”. Assim, você pode psicologicamente satisfazer a necessidade de ir com sede ao pote sem arriscar o capital total disponível – da mesma maneira que um jogador de poker pode querer fazer caso encontre Expected Value numa mão.

Leitura do Flop = Leitura do Primeiro Tempo

O Texas Hold´em é o tipo de poker que muitos consideram esporte justamente porque há habilidade envolvida. Uma das habilidades é a leitura de jogo. Se você tem um AK e o flop vira AAA, sabe que em 99%, figurativamente falando, das vezes terá a melhor mão da mesa. Se um time vence por 5 a 0 fora de casa no jogo de ida das oitavas de final da Libertadores, também terá 99% de chance de classificação – até porque o adversário teria que marcar 7 gols caso em casa você marcasse um.

Esse tipo de analogia entre o poker e as apostas funciona também para quem trabalha no ao vivo ou trading. Você tem a informação subjetiva dos seus olhos, chutes e etc – e objetivas, como passes completos e faltas – ao intervalo da mesma maneira que o flop dá informações ao jogador de poker. Aí depois da leitura você se posiciona. Jogar poker pode ser um bom exercício para achar valor nas apostas. Não tenha dúvidas.

Em suma: há muito de comum entre os dois mundos. Cabe a você aproveitar o que há de melhor em ambos para interliga-los e se tornar um apostador melhor ao mesmo tempo que se torna um jogador melhor de poker.


Comentários estão fechados.