Power Rankings NFL com Fábio Guilherme – Semana 10

1. Pittsburgh Steelers

Campanha: 8-0 | Diferencial de pontos: +74 | Diferencial no últ. Power Rankings: 0

Melhor inicio de temporada da história da franquia, 8-0. Não foi uma vitória bonita, pelo contrário, mas foi no estilo Pittsburgh. Ben Roethlisberger se machucando e indo para os vestiários, para voltar no segundo tempo e vencer o jogo, com mais um confronto onde a defesa conseguiu parar o ataque adversário na red zone na última jogada da partida. É um time que sabe vencer, e não devem saber o que é derrota por um bom tempo, com os próximos adversários sendo Cincinnati, Jacksonville, Baltimore e Washington.

2. Kansas City Chiefs

Campanha: 8-1 | Diferencial de pontos: +103 | Diferencial no últ. Power Rankings: 0

Kansas City não vem sendo tão dominante quanto sua campanha indica, mas estão fazendo seu trabalho que é garantir a divisão e brigar pela primeira posição geral da conferencia. A equipe vem tendo problemas pra entrar num bom ritmo ofensivo no inicio dos jogos e Andy Reid precisa trabalhar melhor nesse ponto para que não passem outros sustos para times inferiores como Carolina.

3. Green Bay Packers

Campanha: 6-2 | Diferencial de pontos: +49 | Diferencial no últ. Power Rankings: +4

Com campanha de 2-2 nas últimas quatro partidas, Packers não está conseguindo ser tão forte quanto conseguiu antes da bye week na semana 5 mas ainda é um time muito perigoso quando tem em campo Aaron Rodgers, Davante Adams e Aaron Jones. Esse trio é o mais produtivo da NFL e tem capacidade de bater qualquer defesa da NFC.

4. Buffalo Bills

Campanha: 6-2 | Diferencial de pontos: +9 | Diferencial no últ. Power Rankings: +1

Todo time tem aquela vitória na temporada que todos sabem que foi a “vitória do ano” no calendário do time, e esse foi o 44-34 contra Seattle. Josh Allen acertou 31 dos 38 passes lançados para 415 jardas e 4 touchdowns, além de ter orquestrado excelentes campanhas ao longo do jogo. Não é um time que coloco no mesmo patamar que Pittsburgh e Kansas City, mas se essa defesa continuar melhorando podem chegar lá.

5. Seattle Seahawks

Campanha: 6-2 | Diferencial de pontos: +31 | Diferencial no últ. Power Rankings: -1

Acredito que no momento os times da AFC estão mais preparados que os da NFC, por terem melhores defesas e ataques que também podem colocar pontos no placar, e esse Buffalo contra Seattle foi o melhor exemplo. Seahawks tem sérios problemas defensivos, e Russell Wilson vem um pouco “shaky” nas últimas semanas. TD-INT de 3-3 há duas semanas em Arizona, agora TD-INT de 2-2 no New Era Field.

6. Baltimore Ravens

Campanha: 6-2 | Diferencial de pontos: +84 | Diferencial no últ. Power Rankings: 0

Baltimore entrou no campo do Lucas Oil Stadium com a derrota para Pittsburgh ainda na cabeça, e o ataque passou em branco no primeiro tempo. Na segunda metade, Lamar Jackson dominou o jogo e garantiu uma importante vitória dentro da conferencia americana. Essa defesa ainda é uma das três melhores da NFL e mais uma vez impressionaram, com fumble recuperado e retornado pra touchdown e apenas 10 pontos cedidos.

7. Miami Dolphins

Campanha: 5-3 | Diferencial de pontos: +61 | Diferencial no últ. Power Rankings: +1

Duas partidas, duas vitórias para Tua Tagovailoa. Miami não só venceu, como bateu um time forte que vinha de bye week. É um legítimo contender da AFC East e com essa campanha estão se classificando para os playoffs. A defesa é competitivs e com Tua esse ataque consegue ser mais forte do que muitos imaginam.

8. New Orleans Saints

Campanha: 6-2 | Diferencial de pontos: +44 | Diferencial no últ. Power Rankings: +3

Drew Brees focado é um grande problema para os times da NFC. Depois do começo de 1-2 em setembro, New Orleans está com cinco vitórias consecutivas e a vitória no Raymond James Stadium pode ter garantido a divisão. A defesa ainda não me transmite confiança, não acho que um jogo bom é o suficiente para apagar toda a inconsistência apresentada nas últimas semanas, mas estão de volta aos trilhos com Michael Thomas de volta ao campo.

9. Tampa Bay Buccaneers

Campanha: 6-3 | Diferencial de pontos: +47 | Diferencial no últ. Power Rankings: -6

Tom Brady está num novo mundo, e depois de 19 anos de carreira, finalmente sofreu uma varrida para um rival de divisão numa temporada. Buccaneers tem muitos playmakers mas ainda não sabem como utiliza-los, o que é um grande problema nessa altura do campeonato, com o calendário já em novembro. Se quiserem chegar no Super Bowl, vão ter que descobrir como passar por New Orleans.

10. Tennessee Titans

Campanha: 6-2 | Diferencial de pontos: +31 | Diferencial no últ. Power Rankings: 0

Tennessee voltou a liderança isolada da AFC South e podem colocar a mão no titulo divisional com uma vitória neste Thursday Night Football contra Indianapolis. Desmong King estreou com fumble recuperado e retornado pra touchdown enquanto o ataque fez o suficiente para evitar dores de cabeça. Ainda não é um time que vejo chegando numa final de conferencia, mas tem elenco pra isso.

11. Arizona Cardinals

Campanha: 5-3 | Diferencial de pontos: +54 | Diferencial no últ. Power Rankings: -4

Particularmente esperava bem mais do Arizona no domingo. Apostamos contra eles pois tinha imenso valor o handicap de Miami, mas ainda assim esperava uma vitória do Cardinals vindo de bye week. Contaram com a sorte de ter Seattle perdendo na rodada e se mantendo alcançável na divisão, mas agora enfrentam o mesmo Buffalo que já está 2-0 contra a NFC West na temporada.

12. Los Angeles Rams

Campanha: 5-3 | Diferencial de pontos: +41 | Diferencial no últ. Power Rankings: 0

Os californianos folgaram na rodada e tiveram duas semanas para descansar e se preparar para enfrentar Seattle. Jared Goff vai precisar de um jogo perfeito e Aaron Donald não pode dar sossego ao quarterback rival. Gosto bastante do Sean McVay vindo de bye week e não ficariam nada surpreso de vê-los vencendo no domingo, até porque são favoritos.

13. Las Vegas Raiders

Campanha: 5-3 | Diferencial de pontos: -11 | Diferencial no últ. Power Rankings: +3

Cada vez mais acredito que Las Vegas vai ser capaz de chegar a janeiro. É um time muito mais forte do que imaginamos. Já venceram New Orleans, Kansas City, Cleveland, e agora bateram Los Angeles num importante duelo divisional. Derek Carr está na melhor temporada de sua carreira e a defesa cedeu apenas 9 pontos no segundo tempo.

14. Minnesota Vikings

Campanha: 3-5 | Diferencial de pontos: -17 | Diferencial no últ. Power Rankings: +5

De acordo com o Football Outsiders, Vikings tem agora 17.1% de chances de conseguir chegar na pós-temporada. Com Chicago em queda livre e San Francisco sem seus principais titulares, existe um mundo onde Kirk Cousins chega a mais uma pós-temporada, principalmente com Dalvin Cook tendo performances históricas em todas as semanas.

15. Indianapolis Colts

Campanha: 5-3 | Diferencial de pontos: +48 | Diferencial no últ. Power Rankings: -2

A decisão de Indianapolis de assinar com Philip Rivers ainda vejo como uma das piores da última off-season. É um quarterback que sequer consegue vencer a divisão, quem dirá conseguir uma boa campanha em janeiro. A defesa do Colts é muito boa e é a única esperança do torcedor da equipe.

16. San Francisco 49ers

Campanha: 4-4 | Diferencial de pontos: +35 | Diferencial no últ. Power Rankings: -2

San Francisco teve a sua primeira partida desde a adição do Jimmy Garoppolo e George Kittle ao injury reserve, e perderam por 34-17 para Green Bay, com 14 pontos de San Francisco saindo no garbage time. É um time que não vai ser competitivo nesta segunda metade do calendário, infelizmente, pois as lesões colocaram um ponto final no ano da franquia.

17. Chicago Bears

Campanha: 5-4 | Diferencial de pontos: -12 | Diferencial no últ. Power Rankings: -2

Bears enfrentou a terceira pior defesa da NFL em terceiras descidas e converteram apenas 2 de 15 tentativas. Enfrentaram uma defesa que cede 128 jardas terrestres por jogo, e conseguiram apenas 56 jardas. Uma campanha 5-1 se transformando em 5-4 num piscar de olhos.

18. Cleveland Browns

Campanha: 5-3 | Diferencial de pontos: -31 | Diferencial no últ. Power Rankings: -1

Um dos times que folgaram na semana 9 foi Cleveland, que agora tem pela frente Houston. Esse time perdeu para Las Vegas no primeiro jogo sem Odell Beckham e precisam saber como trabalhar ofensivamente sem o camisa 13. Existe a possibilidade do Nick Chubb retornar ao backfield do Browns nesta rodada, o que seria excelente para essa equipe.

19. New England Patriots

Campanha: 3-5 | Diferencial de pontos: -28 | Diferencial no últ. Power Rankings: -1

Não tem como um time flertar com derrota no Metlife Stadium e subir posições. A defesa do Patriots está extremamente defasada, com muitos desfalques enquanto o ataque segue sofrendo com a falta de playmakers. A temporada de New England respira por aparelhos no momento.

20. Cincinnati Bengals

Campanha: 2-5-1 | Diferencial de pontos: -20 | Diferencial no últ. Power Rankings: 0

Bengals foi outro time da AFC North que teve sua bye week na semana 9, e o compromisso no Heinz Field no próximo domingo certamente vai ser o maior desafio na temporada desse time. Depois de ver Dallas quase vencendo Pittsburgh, certamente o torcedor de Cincinnati ficou um pouco mais esperançoso, mas ainda assim é difícil imaginar que consigam ameaçar o rival.

21. Carolina Panthers

Campanha: 3-6 | Diferencial de pontos: -16 | Diferencial no últ. Power Rankings: +1

O diferencial de pontos em -16 numa campanha de 3-6 mostra bem como essa equipe esteve tão próxima de vencer jogos. Perderam por 2 pontos no Arrowhead Stadium no último domingo, num confronto onde eram underdogs por 10 pontos. Sigo batendo na tecla do Teddy Bridgewater ser um dos quarterbacks mais confiáveis da NFL e, com o retorno de Christian McCaffrey, esse é um time que volta a ser muito perigoso. A defesa ainda tem pontas soltas, mas estão no caminho certo.

22. Atlanta Falcons

Campanha: 3-6 | Diferencial de pontos: -8 | Diferencial no últ. Power Rankings: +4

Desde a demissão do Dan Quinn, Falcons venceu três de quatro partidas disputadas. Raheem Morris vem trabalhando muito bem o lado defensivo desse time, que está bem mais consistente e conseguindo melhores números. Matt Ryan lidera a NFL em jardas aéreas enquanto Todd Gurley já soma 9 touchdowns terrestres. É um time promissor.

23. Houston Texans

Campanha: 2-6 | Diferencial de pontos: -49 | Diferencial no últ. Power Rankings: +2

Os texanos venceram em Jacksonville num jogo bem mais acirrado do que o esperado. Um dos touchdowns do time deveria ter sido anulado, pois o snap do lance só ocorreu depois de 4 segundos que o playclock expirou, e se fosse anulado o Houston teria perdido o jogo. Entretanto, venceram e precisam melhorar se quiserem ter chances em Cleveland.

24. Detroit Lions

Campanha: 3-5 | Diferencial de pontos: -43 | Diferencial no últ. Power Rankings: -1

Foi uma péssima semana para Matthew Stafford. Depois de passar a semana isolado por ter tido contato com um infectado por COVID-19, Stafford deixou o U.S. Bank Stadium com concussão. Lions perdeu a segunda seguida e de maneira vergonhosa. Detroit tem muitos pontos que me agradam, mas ainda é uma equipe mediana.

25. Denver Broncos

Campanha: 3-5 | Diferencial de pontos: -43 | Diferencial no últ. Power Rankings: -4

Entrando no último quarto na semana 9, Broncos perdia por 27-6 para um Falcons que dominou o jogo em todas as três fases do jogo. Denver ainda conseguiu 17 pontos no último quarto, mas não vai ser toda semana que vão conseguir um comeback histórico. Estão a um Von Miller de distância de serem mais competitivos.

26. Los Angeles Chargers

Campanha: 2-6 | Diferencial de pontos: -11 | Diferencial no últ. Power Rankings: -2

Depois de perder por uma posse de bola para Tampa Bay e New Orleans, e vencer Jacksonville na sequencia, Los Angeles entrou em bye week e todos esperavam que fossem conseguir resultados melhores na sequencia. Entretanto, desde então perderam para Denver e Las Vegas, dois rivais divisionais, e suas chances de playoffs caíram para 3.7%.

27. Philadelphia Eagles

Campanha: 3-4-1 | Diferencial de pontos: -19 | Diferencial no últ. Power Rankings: 0

Um dos times que folgou na semana 9, Philadelphia volta a duelar na NFC East contra NY Giants no próximo domingo. Ainda não é um time que me transmite confiança, longe disso, e ainda espero ver Jalen Hurts como titular neste ano.

28. New York Giants

Campanha: 2-8 | Diferencial de pontos: -51 | Diferencial no últ. Power Rankings: +1

Giants venceu a segunda contra Washington na temporada, dessa vez por apenas 3 pontos, num jogo onde conseguiram vencer a batalha dos turnovers por 5-0. No momento acredito que são o time mais capaz de levar a divisão, mas pra isso precisam bater Philadelphia na semana 10.

29. Washington Football

Campanha: 2-6 | Diferencial de pontos: -35 | Diferencial no últ. Power Rankings: -1

Com Kyle Allen fora da temporada, Alex Smith volta a ser o titular em Washington. Ainda não entendo a permanência do Dwayne Haskins no banco, tendo em mente que é o lançador mais provável a ser o futuro da franquia, mas as derrotas estão castigando o Ron Rivera pela decisão.

30. Dallas Cowboys

Campanha: 2-7 | Diferencial de pontos: -86 | Diferencial no últ. Power Rankings: +1

O torcedor de Dallas teve uma grata surpresa ao ver Garrett Gilbert comandando muito bem o ataque contra Pittsburgh. Cowboys chegou a liderar o jogo por 13-0, mas inconsistência defensiva e muitas faltas pessoais acabaram ajudando os adversários. Essa equipe agora tem uma necessária bye week para respirar, refletir sobre essa conturbada primeira metade de temporada regular e trabalhar para tentar se manter na disputa pela NFC East.

31. Jacksonville Jaguars

Campanha: 1-7 | Diferencial de pontos: -68 | Diferencial no últ. Power Rankings: -1

Não é todo dia que vemos Jacksonville com mais de 400 jardas totais, mas dá pra dizer que todo domingo esse time perde. Sete derrotas seguidas e já praticamente sem chances de pós-temporada. Jake Luton estreou muito bem, mas só mostrou que Gardner Minshew não é o problema, e sim a falta de playmakers na equipe.

32. New York Jets

Campanha: 0-9 | Diferencial de pontos: -147 | Diferencial no últ. Power Rankings: 0

Jets teve um jogo melhor do que o esperado no Monday Night Football, com Joe Flacco com um primeiro tempo excelente, mas na segunda metade os nova-iorquinos voltaram a ser o pior time da liga. Boa noticia é que seguem liderando a corrida pelo Trevor Lawrence.