Novo Hamburgo vs Foz do Iguaçu

Brasileirão Série D – 18/06 às 16h00

Fatos do jogo e prováveis escalações:

Novo Hamburgo: Thomas Ricardo Schneider, Léo Carioca e Brida; Alberto, Tiago Ott, Preto e Diego Miranda; Juninho Brandão e Bruno Henrique. Técnico: Bem Hur Pereira

Foz do Iguaçu: Pablo; Lucas Garcia, Gustavo, Galego e Luiz Felipe; Hereda, Matheus, Eder Luiz e Yannick; Bruno Ribeiro e Gian. Técnico Allan All

Desfalques: Felipe Hereda no Foz do Iguaçu

Conclusão:

É vencer ou vencer. Este é o lema para o Novo Hamburgo para a quinta rodada do Brasileirão da Série D, onde encara o Foz do Iguaçu, que chega na mesma situação, porém, com um gol a menos de saldo.

Em campo, o campeão gaúcho perdeu vários de seus jogadores que conquistaram a façanha na competição estadual, mas ainda é um time tradicional, que tem camisa pesada e com capacidade para ir longe na competição se conseguir passar da primeira fase.

Para isso, o Noia primeiramente conta com sua torcida no Estádio do Vale, que empurrará a equipe durante os 90 minutos de jogo neste domingo.

Logo após vem o fator qualidade técnica. Apesar da saída de diversos jogadores, o Novo Hamburgo tem total capacidade de vencer bem o Foz do Iguaçu, que tem um dos times mais fracos entre os representantes sulistas na Série D do Brasileiro.

Por fim, a aposta “Novo Hamburgo para vencer” se mostra com valor razoável e vale o investimento com três unidades.

Aposta Odds Unidades Casa de Aposta Status
Novo Hamburgo 1.65 3
Danilo Martins

Fascinado por futebol desde os meus oito anos de idade, quando me tornei goleiro após assistir as exibições do turco Rustu Reçber, trilhei carreira por vários clubes paulistas até minha maioridade, passando por Paulista de Jundiaí, Santo André e São Bernardo. Por diversos motivos decidi parar com a tentativa de me profissionalizar como jogador de futebol e embarquei na carreira de jornalista, como repórter da Rádio ABC AM, de Santo André, e Rádio Paraty FM, de São Bernardo do Campo, além de algumas participações na Rádio Globo AM durante a Copa do Mundo de 2014. No entanto, foi no Quero Apostar que me encontrei profissionalmente e estou até hoje, desde junho de 2015 e feliz da vida, na cobertura de diversas competições, desde torneios internacionais até minhas queridas ligas nacionais.

Posts Relacionados