GP da Espanha 2014 – Corrdia

Grande Prêmio da Espanha 2014 – 11/05/2014 às 09:00

circuito_gpdaespanha

Texto globo.com

A já soberana Mercedes parece ter sido a equipe que melhor fez o trabalho de casa durante as três semanas de intervalo antes do início da chamada “temporada europeia”. No treino classificatório deste sábado no circuito rebatizado como “Barcelona-Catalunya” as “Flechas de Preta” colocaram cerca de um segundo na concorrência – uma eternidade quando o assunto é Fórmula 1. E aí, o que se viu foi mais um duelo particular entre Lewis Hamilton e Nico Rosberg pela pole position. E o britânico, mais uma vez, levou a melhor. Com o tempo de 1m25s232 – dois décimos mais veloz que o companheiro -, o campeão mundial de 2008 conquistou sua quarta pole em cinco etapas, a terceira consecutiva.

Já Felipe Massa teve que amargar o nono lugar no grid. Após dominar seu parceiro de Williams, Valtteri Bottas, durante todo o fim de semana, o brasileiro acabou cometendo um erro no último setor de sua última tentativa de volta rápida e viu o finlandês se classificar cinco posições à frente, em quarto. Na saída da pista, Massa não escondeu a decepção.

Vettel tem problemas no câmbio e é punido com cinco posições no grid

Entre Bottas e as Mercedes ficou Daniel Ricciardo, da RBR. Um dos grandes destaques da temporada, o jovem australiano teve mais um forte desempenho, assegurando o terceiro lugar no grid com 1m26s285. Enquanto isso, o consagrado Sebastian Vettel segue sua via-crúcis. Após ter problemas nos treinos livres de sexta-feira, o tetracampeão mundial viu seu carro apresentar um problema no câmbio no início do Q3 e não marcou tempo. Ele largaria em décimo, mas como sua caixa de marchas foi trocada, perde cinco posições e cai para 15º.
Um dia depois de declarar que está acostumado a superar seus companheiros de equipe, Fernando Alonso – que vinha batendo Kimi Raikkonen tanto em treinos como em corridas – viu o finlandês ser superior durante toda a atividade. Sexto lugar no grid, o “Homem de Gelo” largará pela primeira vez no ano à frente do espanhol, o sétimo colocado.

A surpresa do dia ficou por conta de Romain Grosjean. A problemática Lotus mostrou boa performance pela primeira vez no ano e o suíço naturalizado francês arrancou um quinto lugar no grid. Já Pastor Maldonado não conseguiu aproveitar o potencial de seu carro. O folclórico venezuelano bateu logo no início do Q1 e largará em último. Apesar de Jean-Eric Vergne (STR) – que avançou ao Q2 carregar uma punição de dez posições no grid (por ter sido liberado de forma insegura dos boxes, com uma das rodas mal fixadas) ele começará em 21º, já que Maldonado não chegou a marcar tempo na sessão. Já a decepção ficou por conta da Force India. A equipe não apresentou bom rendimento na pista espanhola e Nico Hulkenberg e Sergio Pérez sequer avançaram para a disputa da superpole.

Q1: Maldonado bate… de novo

Poucos pilotos tinham marcado volta cronometrada quando a atividade precisou ser paralisada. O motivo: uma batida de Pastor Maldonado. O venezuelano espalhou na saída da curva 3, mas seguiu acelerando e acabou perdendo o controle de sua Lotus, acertando o muro da parte interna da pista. Com o carro bastante danificado, ele precisou abandonar a atividade. Além do venezuelano e dos pilotos das equipes pequenas – Max Chilton e Jules Bianchi (Marussia) e Marcus Ericsson e Kamui Kobayashi (Caterham) – que costumam cair no Q1, foi eliminado também Adrian Sutil, da Sauber. Nico Rosberg fez o melhor tempo da primeira parte da sessão, 1m26s764. Felipe Massa avançou bem, na quinta colocação.

Q2: Massa avança com tranquilidade

Rosberg repetiu a dose e foi novamente o mais rápido, no Q2. Seguido de perto, claro, por Hamilton. Massa avançou para a superpole com o quarto tempo, logo atrás de Ricciardo, e quatro posições à frente de Bottas. Bem durante o fim de semana, Alonso (Ferrari) quase ficou fora do Q3. Nos minutos finais, o espanhol estava com o décimo tempo e teve sorte que Hulkenberg (Force India), o 11º, abriu mão de mais uma volta rápida. Punido com dez posições no grid por sua roda ter soltado durante os treinos livres, Vergne (STR) sequer foi para a pista e largará em último. Com problemas na McLaren, Magnussen foi outro que não deixou os boxes. Também foram eliminados: Pérez, Kvyat e Gutiérrez. Os dez que avançaram foram, nessa ordem: Rosberg, Hamilton, Massa, Vettel, Grosjean, Raikkonen, Bottas, Button e Alonso.

Q3: Vettel quebra, Massa erra e Lewis é pole

Logo nos primeiros minutos do Q3, Vettel sofreu um problema de câmbio na sua RBR e parou no meio do circuito. O treino precisou ser interrompido para a retirada do carro do alemão, que terá que se contentar com o décimo lugar no grid. Reiniciada a sessão, Rosberg foi o primeiro a completar volta cronometrada: 1m26s561, mas logo foi superado por Hamilton, que cravou 1m26s228. Ricciardo e Alonso também marcaram tempo. Os demais pilotos deixaram para fazer apenas uma tentativa de volta rápida.
Rosberg anotou 1m25s400 e subiu para a ponta, mas foi desbancado por Hamilton, que voava. O britânico cravou 1m25s232 e tomou a pole do parceiro. Ricciardo ficou com a terceira posição, seguido por Bottas, Grosjean, Raikkonen, Alonso e Button. Massa acabou errando em sua volta rápida e terminou em nono, logo à frente de Vettel, que não marcou tempo.

grid

Palpite:

Hamilton não estava tendo um grande final de semana, e a pole esteve bastante ameaçada. porém, ele soube reverter e conseguir largar na frente no finalzinho. Isso mostrou sua forte força mental.

A Mercedes continuam imbatíveis nesse temporada, com um segundo acima de segundo colocado. Devem e vão terminar no pódio.

Alonso luta com o carro, que não é muito bom, mas ele conhece essa pista como ninguém e passar Raikkonen é mais do que obrigação.

Daniel está dando um banho em Vettel na temporada, e mesmo com o alemão larga lá atrás, as odds para seu companheiro de equipes estão muito altas. Espero que ele chegue ao final da corrida. Só precisa não bater e manter o carro na pista. Vettel não vai conseguir passá-lo.

Massa vacilou quando não podia, está lá atrás e agora tem ainda mais pressão. Isso deve prejudicá-lo e ele deve terminar mais uma vez atrás do campeonato.

Aposta:

Alonso para terminar na frente de Raikonnen, com odds de 1.55

Daniel Ricciardo para terminar na frente Vettel, com odds de 1.60

Bottas para terminar na frente de Massa, com odds de 1.50

Ricciardo para terminar no pódio, com odds de 1.66

Todas no Betmotion

Betmotion

Tiquinho

Formado em direito, este amante do Poker e das apostas esportivas dá pitaco em todos os esportes. Responsável pelo Quero Apostar, busca popularizar as apostas esportivas no Brasil, mostrando que podemos sim ganhar dinheiro com nossos esportes favoritos.

Posts Relacionados
  • Andre

    Em seu país Alonso costuma sempre fazer grandes corridas. Vou nessa. Bom dia.

  • Vamo Alonso!!!!!!!!!!!!1

  • Passa no caixa! É assim que se começa um Domingo! $$$$$$$$$$$$

  • Gustavo Maturano

    Booooaa!!!