Goiás vs São Caetano

Copa São Paulo de Futebol Júnior – 11/01 às 16h

Sempre com bons times, o Goiás é um dos times mais preparados para disputar a Copinha, visto que sempre realiza bons trabalhos e joga bem contra todas as equipes da competição, tanto grandes, como pequenas.

A classificação na primeira fase foi prova disso, ao passo que o Goiás venceu todos os seus jogos e garantiu a primeira colocação com 100% de aproveitamento, confirmando sua permanência no Nicolau Alayon.

Enquanto isso, o São Caetano realizou uma boa campanha na fase de grupos e bateu de frente até com o Flamengo, no empate em 1 a 1 na última rodada. Porém, vale ressaltar que muito do que foi conquistado pelo Azulinho veio graças ao incentivo dos torcedores, que encheram parte do Anacleto Campanella para empurrar o São Caetano. Isso foi determinante em todos os jogos da equipe na fase de grupos, ao passo que o Azulinho passou por pelo menos um momento ruim em determinante momento durante todos os três jogos.

Agora, no Nicolau Alayon, creio que prevalecerá a técnica, visto que o São Caetano não encontrará o incentivo do Anacleto Campanella. E partindo desse ponto, acredito na vitória do Goiás, que apresenta futebol mais agradável e ofensivo, algo que deve ser determinante para a classificação dos goianos à terceira fase.

Vamos de “Goiás DNB”, até porque o São Caetano não é fraco e pode complicar as coisas.

Aposta Odds Unidades Casa de Aposta Status
Goiás DNB 2.00 1
Danilo Martins

Fascinado por futebol desde os meus oito anos de idade, quando me tornei goleiro após assistir as exibições do turco Rustu Reçber, trilhei carreira por vários clubes paulistas até minha maioridade, passando por Paulista de Jundiaí, Santo André e São Bernardo. Por diversos motivos decidi parar com a tentativa de me profissionalizar como jogador de futebol e embarquei na carreira de jornalista, como repórter da Rádio ABC AM, de Santo André, e Rádio Paraty FM, de São Bernardo do Campo, além de algumas participações na Rádio Globo AM durante a Copa do Mundo de 2014. No entanto, foi no Quero Apostar que me encontrei profissionalmente e estou até hoje, desde junho de 2015 e feliz da vida, na cobertura de diversas competições, desde torneios internacionais até minhas queridas ligas nacionais.

Posts Relacionados