Figueirense vs Fluminense

Copa São Paulo de Futebol Júnior – 11/01 às 16h

Após iniciar a Copinha com um tremendo vacilo diante do Sete de Setembro, num empate em 1 a 1, o Figueirense conseguiu se recuperar e bater as razoáveis equipes da Portuguesa e do Juventus. Com isso, os catarinenses garantiram a primeira colocação do grupo e o direito de permanecer na tradicional Rua Javari.

Para muitos, o Figueirense pode ser uma equipe ruim, visto que há várias pessoas que traçam análise na Copinha baseando-se no profissional, mas é bom saber que o Figueirense já foi campeão da competição e sempre monta bons elencos de base.

Analisando o Fluminense, temos um dos maiores campeões da Copinha, mas que não anda bem na competição há tempos. O Fluzinho foi mal na primeira fase, perdeu para o pequeno Interporto-TO por 1 a 0 e conseguiu a qualificação muito por conta da fraqueza dos seus adversários.

Não há dúvidas sobre a qualidade técnica que teremos neste confronto, visto que são duas equipes acostumadas a disputar fortes torneios de base e isso terá grande reflexo em campo, até pelo aspecto físico, que dará a cara de um jogo entre profissionais. Mas a questão é que eu ainda enxergo mais qualidade para o lado do Figueira, que tem um ataque matador e raramente desperdiça as oportunidades que tem pela frente. Enquanto isso, o time do Flu me dá sono e joga de forma lenta, sem grande brilho. Vamos de “Figueirense ou empate”.

Aposta Odds Unidades Casa de Aposta Status
Figueirense ou empate 1.80 1
Danilo Martins

Fascinado por futebol desde os meus oito anos de idade, quando me tornei goleiro após assistir as exibições do turco Rustu Reçber, trilhei carreira por vários clubes paulistas até minha maioridade, passando por Paulista de Jundiaí, Santo André e São Bernardo. Por diversos motivos decidi parar com a tentativa de me profissionalizar como jogador de futebol e embarquei na carreira de jornalista, como repórter da Rádio ABC AM, de Santo André, e Rádio Paraty FM, de São Bernardo do Campo, além de algumas participações na Rádio Globo AM durante a Copa do Mundo de 2014. No entanto, foi no Quero Apostar que me encontrei profissionalmente e estou até hoje, desde junho de 2015 e feliz da vida, na cobertura de diversas competições, desde torneios internacionais até minhas queridas ligas nacionais.

Posts Relacionados