O que esperar do Mundial de Clubes 2018?

Análise dos participantes, cotações para campeão e expectativas do Quero Apostar

Disputado de forma oficial desde 2005, o Mundial de Clubes da FIFA chega para mais uma edição com expectativa de bom futebol, apesar de não atrair tantos olhares dos brasileiros pela falta de um representante do nosso país na competição.

De um lado, o Real Madrid chega como grande favorito, apesar da ausência de Cristiano Ronaldo. Do outro, o River Plate tenta dar um título ao continente sul-americano, algo que não acontece desde 2012, quando o Corinthians triunfou em cima do Chelsea.

Por fora, aparecem Chivas Guadalajara (CONCACAF), Espérance de Tunis (CAF), Kashima Antlers (AFC), Team Wellington (Nova Zelândia) e Al Ain (representante emiradense) numa busca louca pelo primeiro título fora do eixo Europa-América do Sul.

Protagonistas, coadjuvantes e postulantes a zebras é o que não falta no Mundial de Clubes. Mas e as boas apostas? Fique tranquilo! Logo abaixo você terá acesso à informações úteis sobre cada equipe, além de ficar por dentro da cotação de cada uma para chegar ao título mundial da FIFA!

Al Ain

Maior campeão emiradense, o Al Ain chega credenciado para incomodar seus rivais no Mundial de Clubes da FIFA e repetir o feito do Al Jazira na temporada passada, quando terminou na quarta colocação.

Para isso, o clube conta com o fato de jogar ao lado de sua torcida e também com a capacidade técnica do jovem brasileiro Caio, já observado pelo Porto, e do sueco Marcus Berg, que acumula passagens por PSV e Hamburgo.

Apesar de entrar cedo na competição, o Al Ain terá certa tranquilidade inicial no Mundial de Clubes, ao passo que estreia diante do inexpressivo Team Wellington, da Nova Zelândia.

Expectativa Quero Apostar: o Al Ain joga em casa e enfrenta o Espérance se avançar sobre o Team Wellington, ou seja, não terá o caminho mais difícil pela frente. Assim, nosso prognóstico é de que dá pra chegar longe e até eliminar o River Plate se esta equipe jogar o máximo que pode.

Chivas Guadalajara

No meio da tabela do Mexicano, o Chivas Guadalajara evidencia claramente que está focado na disputa do Mundial de Clubes, até porque sabe que pode ser a primeira equipe de seu país a levantar o troféu da competição.

A base do Guadalajara é formada totalmente por mexicanos, com exceção do meia norte-americano Zendejas e do técnico paraguaio José Cardozo.

Por fim, o percurso do Chivas está praticamente traçado no Mundial: a estreia será diante do Espérance, da Tunísia, no dia 15/12. Se avançar, enfrenta o temido Real Madrid nas semifinais. Em caso de novo sucesso, enfrentará provavelmente o River Plate na final.

Expectativa Quero Apostar: é difícil imaginar que o Chivas consiga ter vida longa no Mundial com um elenco recheado de jogadores desconhecidos. Aliás, se avançar do Kashima Antlers já será uma boa conquista para os mexicanos.

Espérance de Tunis

Tricampeão da Champions Africana, o Espérance de Tunis chega para sua segunda edição do Mundial disposto a ir mais longe do que na primeira experiência – a estreia dos tunisianos do Espérance na competição ocorreu em 2011, com derrotas para Al Sadd (quartas de final) e Monterrey (disputa 5º lugar), finalizando o Mundial de Clubes na sexta colocação.

A expectativa desta equipe é da utilização de um estilo de jogo pragmático, muito parecido com o futebol que assistimos no Campeonato Francês.

A equipe é totalmente formada por africanos, sendo apenas três de fora da Tunísia: Belaili (Argélia), Coulibaly (Costa do Marfim) e Kom (Camarões).

Expectativa Quero Apostar: pode até eliminar o seu primeiro adversário (Al Ain ou Team Wellington), mas o elenco é fraco e não deve passar da disputa do quinto lugar.

Kashima Antlers

Grande candidato a zebra deste Mundial de Clubes, o Kashima Antlers chega em bom momento para a disputa do torneio, fruto da chegada de Zico, diretor técnico no clube japonês desde agosto e responsável pela conquista da AFC Champions League.

Aliás, o Kashima Antlers conquistou sua primeira competição asiática nesta temporada, mas já foi vice-campeão mundial em 2016, quando representou o país-sede Japão como campeão nacional. A derrota foi para o galático Real Madrid, na prorrogação, por 4 a 2.

No elenco, os principais destaques do Kashima são os brasileiros Serginho (ex-América-MG) e Léo Silva (ex-Cruzeiro). Já na parte de desfalques, as ausências de Yumi Suzuki e Kento Misao tendem a atrapalhar os planos do clube japonês.

Expectativa Quero Apostar: é difícil imaginar uma equipe fora do eixo Sul-Americano-Europeu sendo campeã do Mundial de Clubes, mas se eu tivesse que escolher alguma para apostar, certamente seria no Kashima, que chega com bom planejamento e bastante ginga brasileira em seu elenco. É bom ficar de olho nos japoneses!

Real Madrid

Após conquistar seu tricampeonato consecutivo da Champions League, o Real Madrid chega como principal favorito na busca pelo tri também do Mundial de Clubes. No entanto, o favoritismo não é tão grande como em outros tempos.

As saídas do técnico Zidane e do astro Cristiano Ronaldo deixaram um buraco ainda não preenchido no Real, que ocupa a modesta quarta colocação no Espanhol e apresenta futebol pouco brilhante até aqui.

Para o Mundial, o técnico Santiago Solari não terá grandes ausências em seu plantel. Os destaques da equipe madrilenha são Courtois, Sergio Ramos, Benzema, Modric, Bale, Marcelo e Casemiro.

O menino Vinícius Júnior, ex-Flamengo, também está na lista de disputa do Mundial de Clubes.

Expectativa Quero Apostar: é difícil não confiar no favoritismo do turbulento Real Madrid em uma competição em que o adversário mais forte é o River Plate, que está longe de ser um Barcelona da vida. Assim, a expectativa é de título para o Real, ainda que há possibilidade maior de zebra aqui do que em outras edições do Mundial de Clubes.

River Plate

Último clube a ser definido para a disputa do Mundial de Clubes, o River Plate encarou uma verdadeira batalha para alcançar vaga no torneio: venceu uma Libertadores histórica, diante de seu maior adversário e, por coincidência, no Estádio Santiago Bernabéu, do Real Madrid, após a CONMEBOL transferir a partida da Argentina para a Espanha por conta de briga entre torcedores.

A viagem do River Plate foi diretamente da Espanha para os Emirados Árabes Unidos, numa sequencia incrível entre título de Libertadores e preparação para o Mundial de Clubes.

A listagem do técnico Marcelo Gallardo para o Mundial não tem surpresas e traz nomes importantes como Franco Armani, Leonardo Ponzio, Enzo Pérez, Lucas Pratto e Ignacio Scocco.

Expectativa Quero Apostar: a última participação do River Plate em um Mundial foi em 2015, quando a equipe argentina foi derrotada por 3 a 0 para o Barcelona na final da competição. Nada obstante, enfrentar o Real Madrid parece não ser tão complicado como foi diante dos catalães do Barça em 2016. O futebol dos espanhóis naquela altura era incontestável. Hoje não mais.

Dessa maneira, dá pra pensar em surpreender no Mundial. No entanto, o mais interessante da trajetória do River está no fato de ter caído do lado mais fraco da semifinal. Enquanto o Real espera o vencedor de Chivas e Kashima, o Millonario espera Al Ain, Team Wellington ou Espérance, que são três equipes com menos capacidade em relação aos times citados anteriormente.

Pensando neste ponto, a concentração do River deve ficar realmente para a partida final, onde aí sim terá que jogar um grande futebol para ser campeão. Nossa expectativa depende justamente disso: até onde o futebol do River Plate pode chegar?

Team Wellington

Equipe mais modesta deste Mundial de Clubes, o neo-zelandês Team Wellington quebrou uma hegemonia de sete títulos do Auckland City na Champions da Oceania para conquistar vaga na competição mundial.

A rotina do Team Wellington é bem diferente da vivida pelas outras equipes, principalmente dos dois principais favoritos, Real Madrid e River Plate. O clube neo-zelandês é amador, formado em sua maioria por jogadores que atuam em outros empregos e com treinamentos que acontecem quatro vezes por semana, em período noturno.

Expectativa Quero Apostar: derrota logo de cara. Apesar de ter uma bonita história, o modesto Team Wellington provavelmente não conseguirá suportar o Al Ain, que está acostumado com desafios bem maiores e outro nível de futebol.

As cotações para campeão do Mundial de Clubes

A Bet365 disponibilizou as odds de vencedor final do Mundial de Clubes com alguns dias de antecedência do início da competição.

Apostar nos dois favoritos me parece EV-, ao passo que nenhum merece as odds oferecidas no momento.

As odds que eu mais gosto são do Kashima e do Al Ain, mas sabemos que é difícil chegarem ao título.

Chivas, Espérance e Team Wellington estão bem ajustadas ao meu ver.

Melhores casas para apostar no Mundial de Clubes

1xbet: abre os jogos de forma bastante antecipada, até mesmo em relação a Bet365

Bet365: oferece apostas em longo prazo e bom menu ao vivo para apostar na competição

188bet: boas linhas asiáticas, mas sempre bem ajustadas, já que aguarda bastante para disponibilizar as odds

Tempobet: cotações maiores em relação aos concorrentes. É uma boa ter conta lá e analisar se as odds estão melhores

Comentários estão fechados.