Como apostar na Série B

A Série B, também conhecida como Série “Bingo”, é para muitos apostadores um pesadelo. A imprevisibilidade talvez seja a sua marca mais característica, mas será que conseguimos encontrar tranquilidade no caos para sermos lucrativos?

No vídeo abaixo falo um pouco sobre “Como apostar na Série B do Brasileirão:

Características da Série B:

– Democracia:

Se na Série A o que temos são as maiores potências do país quase num campeonato sul-sudeste e com duas ou 3 equipes no nordeste, o que temos na Série B é uma mistura muito maior. A segundona reúne grandes potências do futebol nacional e que acabam caindo, como o Inter esse ano, mas já foi também o caso de Botafogo, Palmeiras, Vasco, Corinthians, Grêmio, Atlético-MG, entre muitos outros; tradicionais times que sobem e descem frequentemente, como Náutico, Ceará, América-MG, Atlético-GO, Bahia, Vitória, Goiás, etc…; figuras carimbadas da B, como ABC, CRB, Luverdense, Paraná, e muitos outros fortes times que chegam até na Série A, tem grande torcida, mas por conta das dificuldades financeiras por vezes até caem pra C, como Santa Cruz, Fortaleza, Remo, Paysandu, entre outros; e também times sem grande estrutura financeira e que vem da Série C, além de outros que tem o algum aporte financeiro da cidade ou de empresários, como Oeste, Boa, e até mesmo a Chapecoense.

– Futebol jogado:

Costuma-se dizer que o futebol da Série B é diferente do jogado na Série A, e isso tem um motivo claro. Os grandes times da A compram assim que podem os atletas que se destacam na B, abaixando assim o nível técnico dessa competição.

Com menos técnica, o futebol tende a ser mais pegado, e obviamente mais equilibrado.

– Longas viagens:

Nenhum jogo é fácil na Série B, pois a reunião de todos esses times faz desse um campeonato bastante característico. Não é incomum uma equipe de São Paulo ter que ir ao Rio Grande do Sul no domingo, depois ir até o Maranhão jogar na quarta, para sábado jogar em São Paulo, e depois ter que subir para Recife no final de semana seguinte.

– Gramado e tempo:

Além dessas viagens, os times tem que se adaptar aos diferentes gramados e temperatura, pois no sul pode estar chovendo e fazendo poucos graus, enquanto que no próximo jogo a temperatura pode estar perto dos 30.

Para piorar, se um jogo é num tapete, o outro pode ser num pasto, com dificuldade da bola rolar e consequentemente dos gols saírem.

Isso sem contar os alçapões de times tradicionais em seus estados, como Paysandu, ABC, Ceará, Náutico, Criciúma, etc…

Qual o melhor mercado para apostar na Série B?

Se na Série A já está difícil cumprir o handicap negativo, na B isso é ainda mais complicado. Até mesmo o Inter, grande favorito desse ano, tem tido dificuldades de cumprir handicaps.

O que percebemos muitas vezes é que as odds de um time que está no G4 da B, e que vai enfrentar um do Z4, seguem a linha de uma favorito da Premier League, ou da Série A, mas como vimos nas caraterísticas dessa competição, os jogos tendem a ser bem mais equilibrados.

Comecei esse ano decidido a ser lucrativo na Série B, pois meu foco é justamente nas competições menores. Todavia, no início da competição acabei seguindo os mesmos erros que a grande maioria dos apostadores cometem, pesando errado as informações e optando por mercados nos quais muitas vezes apostava para ter a aposta devolvida.

Atento desde o início aos meus resultados, e aproveito o espaço para recomendar o livro Apostador Profissional que prega bastante isso, já fiz rapidamente alguns ajustes que deram resultado e que cito no vídeo, como pegar bets ao vivo em over 1.5 ao invés de ambas marcam, ou até mesmo o ML ou o ML -0.25 com odds iguais ao que pré-live dava em -1.

Isso já começou a dar resultado:

Conclusão:

A competição desse ano ainda está no início, então obviamente a amostragem é não muito grande, mas não só pelos resultados brutos, como também pela análise do que foram as partidas, uma vez que como o Tiquinho costuma dizer, nem toda aposta ganha é boa, e toda perdida é ruim, estou bastante animado para conseguir fazer uma ótima temporada de apostas e lucros na segundona.

A Série B é sim complicada, mas não é impossível lucrar nela. Em meio a todo esse caos estou me encontrando, muitas vezes entendendo que o valor está em ir contra a maré, não dando tanto peso as estatísticas, e explorando fatores subjetivos que me ajudam a traçar linhas melhores.

E você? O que acha de apostar na Série B? Comente aqui com seus resultados e dicas!

Juntos somos mais fortes!

Quer aprender a apostar? Aproveite o preço promocional:

Danilo Martins

Fascinado por futebol desde os meus oito anos de idade, quando me tornei goleiro após assistir as exibições do turco Rustu Reçber, trilhei carreira por vários clubes paulistas até minha maioridade, passando por Paulista de Jundiaí, Santo André e São Bernardo. Por diversos motivos decidi parar com a tentativa de me profissionalizar como jogador de futebol e embarquei na carreira de jornalista, como repórter da Rádio ABC AM, de Santo André, e Rádio Paraty FM, de São Bernardo do Campo, além de algumas participações na Rádio Globo AM durante a Copa do Mundo de 2014. No entanto, foi no Quero Apostar que me encontrei profissionalmente e estou até hoje, desde junho de 2015 e feliz da vida, na cobertura de diversas competições, desde torneios internacionais até minhas queridas ligas nacionais.

Posts Relacionados